A Importância de uma Comercialização Estruturada

Considerada a atual conjuntura do mercado, na qual a oferta de áreas para locação é significativamente superior à demanda de lojistas para implantação de novas operações, a “tentação” de se prosseguir com a locação de forma não planejada é grande, procurando preencher os espaços para diminuir as despesas com o condomínio das lojas vagas.

Por princípio, entendemos que a comercialização deva ser precedida por um diagnóstico do empreendimento, analisando detalhadamente o mercado consumidor, as condições operacionais, as oportunidades de redução de custos, as condições negociais praticadas, e, principalmente, desenvolvendo o planejamento estratégico para os próximos anos de forma a se ver claramente aonde vai se chegar com as ações propostas. Contratos de locação comumente são instrumentos de longo prazo, e as negociações geram frutos por anos, sejam bons ou não.

Em nossos anos de experiências, quantas inúmeras vezes já presenciamos contratos de locação negociados em regime de urgência devido a alta vacância, que quando sanado o problema conjuntural após poucos meses, se mostraram verdadeiros pesadelos que perduraram por mais de década.

Dessa forma, nossas propostas de trabalho comumente englobam o Diagnóstico Situacional, antecipadamente à comercialização, propiciando ao empreendedor uma ferramenta não só de posicionamento do shopping, mas também de mensuração e cobrança de nosso próprio performance em relação às metas pré-estabelecidas.

O ciclo deve ser sempre completo: analisar, planejar, executar, mensurar e cobrar resultados.

 

Lost your password? Please enter your username or email address. You will receive a link to create a new password via email.