Energia Solar em Shopping Centers – Hora de Pensar Seriamente

Uma das questões mais difíceis para se adotar uma nova tecnologia é saber qual a hora certa de entrar… quem entra cedo paga mais e investe em algo que fica obsoleto rapidamente, quem entra tarde deixa de desfrutar dos benefícios e economias que podem ser diferenciais junto à concorrência que se antecipou.

Já há alguns anos no Brasil a geração de energia elétrica advinda da conversão de energia solar em fotovoltaica vem sendo oferecida no mercado, principalmente para shopping centers que possuem grandes áreas para exploração e instalação dos equipamentos, e onde os custos com energia elétrica representam 30% a 40% dos custos operacionais.

Neste curto texto colocamos nosso foco nos benefícios financeiros dessa tecnologia, mas outros benefícios igualmente importantes devem ser pesados nos estudos de implantação, como a proteção ao meio ambiente e sobretudo o benefício de imagem do shopping para a sociedade.

A implantação de plantas fotovoltaicas em nosso país vem apesentando custos adequados com o passar do tempo e tornando-se uma alternativa real à substituição parcial ou até praticamente total da energia convencional. Vale notar que a cidade com a pior insolação no Brasil tem 20% mais irradiação que a cidade em melhor condição na Alemanha, país ícone na exploração de energia solar.

Hoje temos disponíveis no mercado quatro diferentes tecnologias de células geradoras de energia, cada uma com suas diferentes características de custos e produtividade energética, mas praticamente equivalentes na forma de instalação e tempo de vida útil, estimado em 25 anos.

Sem se alongar em detalhes técnicos e financeiros, pesquisamos alguns projetos instalados nos últimos anos, bem como alguns estudos em desenvolvimento para os empreendimentos que cuidamos, e o que queremos transmitir é que hoje, um projeto de energia solar tem seu retorno de investimento num prazo realista entre cinco e oito anos.

Sabemos que é um investimento feito por um bolso (empreendedor) e a economia acaba em outro bolso (custo condominial), porém, atualmente a conversão dessa economia de custo em retorno de receita de aluguel é bem clara, principalmente nas novas modelagens de locação em CTO.

Como alternativa há também no mercado empresas que oferecem a instalação completa, arcam com todo o investimento em troca do equivalente a tarifa de energia convencional, e, após a amortização do investimento, todos ganham com a economia.

Em 2015 foi instalado o primeiro projeto de energia elétrica solar em shopping center no Brasil, um projeto relativamente modesto em dimensão, mas arrojado à época. Hoje em 2019 um dos top players do segmento inaugurou uma planta de geração de energia elétrica solar que supre a necessidade energética de 100% de um de seus grandes empreendimentos.

Sem dúvida, agora já é obrigação incluir essa modalidade de geração nos novos empreendimentos, bem como estudar sua utilização nos shoppings em operação, independente de seu porte ou localização.

 

Lost your password? Please enter your username or email address. You will receive a link to create a new password via email.