IRB Brasil vende fatias no Parkshopping Brasília e no Parkshopping Corporate

O ressegurador IRB Brasil Re anunciou a conclusão da venda de toda a sua participação no ParkShopping Brasília, incluindo as torres um e dois, o ParkShopping Corporate, por R$ 243 milhões. A companhia detinha participação de 20% em cada unidade.

De acordo com comunicado do IRB, do valor total de venda, R$ 130,500 milhões já foram pagos e os outros R$ 112,5 milhões serão pagos em até 180 dias, corrigidos a 120% do CDI. O ressegurador informou ainda que a transação representa um ganho de capital antes de impostos para a companhia de R$ 62,923 milhões sobre o total do valor patrimonial dos referidos ativos imobiliários.

O IRB tem aproveitado a valorização dos ativos no setor de shoppings para desinvestir. Ao fim de dezembro, ou seja, antes da transação anunciada hoje, o valor de mercado dos investimentos da companhia no setor era de R$ 525 milhões.

Questionado sobre a possibilidade de venda de novos ativos de seu portfólio, o vice-presidente do ressegurador, Fernando Passos, disse, ontem, a jornalistas, que essa é “uma questão de preço”. “Se preços interessantes forem colocados na mesa a companhia vai analisar, mas entendemos que os ativos que permanecem conosco têm potencial de valorização”, disse, na ocasião.

Os investimentos do IRB no setor de shoppings é um dos pontos questionados pela Squadra, na cartas que publicou recentemente sobre o ressegurador. O ativo que coloca o IRB e a gestora em lados opostos é o Minas Shopping. Enquanto a Squadra vê ganho de capital de R$ 119 milhões, a companhia diz que seria de cerca de R$ 27 milhões.

No quarto trimestre de 2019, o ressegurador anunciou a venda de participação em três shoppings. No ano, acrescentando um quarto negócio já feito, o ganho de capital líquido obtido pela companhia foi de, conforme a companhia de R$ 103,4 milhões. Estadão Conteúdo.

 

Lost your password? Please enter your username or email address. You will receive a link to create a new password via email.